Socialismo americano

O Luís Miguel Correia, o melhor jogador de snooker do seu prédio, enviou-me um link de uma notícia do Público sobre a candidatura de Bernie Sanders às primárias do Partido Democrata nos Estados Unidos. Assumindo o rótulo herético do socialismo, Sanders aparece com 10% das intenções de voto. O socialismo de Sanders, inspirado no modelo escandinavo – que parece ter-se tornado no último reduto do socialismo mundial – convive mal com o apoio do presidente executivo do Goldman Sachs à campanha da sua adversária, Hillary Clinton. Como qualquer bom gestor, amante da estabilidade política garantida pelo rotativismo, Lloyd Blanfkein apoiará também o Partido Republicano. Não tendo o direito de votar nas eleições que elegem quem vai mandando em nós, nos Estados Unidos ou na Alemanha, é bom guardar alguma atenção para estas movimentações, embora Sanders, com uma campanha carente de meios, não vá ganhar, nem que a vaca tussa.

Actualmente, Sanders é senador pelo Vermont, estado no topo norte da costa este, ao lado do Quebeque. A sua capital é Burlington e o estado não chega aos 700 mil habitantes. Sobre o Vermont foi escrita uma canção popular em 1944 chamada Moonlight in Vermont. Johnny Hartman, Billie Holiday, Willie Nelson, Oscar Peterson, Sinatra, Bobby Womack, Nana Mouskouri e Neville Southall foram apenas alguns daqueles que a interpretaram. A acompanhar o e-mail com o link para a notícia sobre Sanders, o Luís preferiu, no entanto, enviar-me uma outra música sobre o luar em Vermont.

Advertisements
Standard

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s