‘prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo’

A recepção da Música Popular Brasileira em Portugal sempre foi muito paroquial. A escolha compulsiva entre Chico ou Caetano pode até traduzir as pequenas questiúnculas da esquerda portuguesa mas deixa de fora os ‘malucos beleza’ da MPB, como Raul Seixas. Do baião ao bolero, da música romântica ao rock n’ roll, Seixas transformou a música numa metamorfose ambulante e inventou uma figura híbrida algures entre Elvis Presley e Luiz Gonzaga.

Advertisements
Standard